sexta-feira, 2 de abril de 2010

Humanidade

Sou apenas um simples comum mortal que sofre as agruras do mundo....vejo o ódio e o escárnio no ser humano....vejo a ganância e o egoísmo, entristece-me a crueldade e a indiferença nesta selva impiedosa onde impunes ficam quem despreza e maltrata nem que seja uma flor que tanto brilho traz aos meus olhos.....

Já não vejo o sorriso de uma criança, mas apenas sofrimento e o caos...apenas sinto apatia e tristeza num mundo onde a palavra amor está moribunda.....vivo num mundo de braços cruzados que assiste impotente à decadência humana...não mais queria ver o choro numa criança....não mais queria ver o grito de desespero numa mãe...não mais queria ver o ódio no homem.....

....apenas queria ver e sentir um abraço....o enxugar de uma lágrima comovida e sincera por quem sinto compaixão......talvez sejas tu que possas dar um pouco de ti...talvez sejas tu que possas dar o teu abraço.....talvez sejas tu que possas amar o teu próximo.....talvez hoje faças mais pelos outros do que por ti.....talvez hoje se alguém te disser preciso de ti, não lhe vires as costas……

(Clicar na letra para ver e ouvir o vídeo)

1 comentário:

  1. meu amigo na vida há tudo de mau que você fala....mas sim as criamças ainda sorriem, ainda há abraços para dar, ainda há amor á nossa espera, ainda há sorrisos no ar e.... há mar e há gaivotas e há poesia e há gente linda como você! beijinhos

    ResponderEliminar