sexta-feira, 17 de junho de 2011

Na Intimidade de um Poema...

Na intimidade de um poema escrevo-te no corpo a palavra amor, dispo-te no olhar, no teu intimo me sabe, percorro-te sem pudor, só assim te sei amar...

José Guerra (2011)

2 comentários: