domingo, 5 de junho de 2011

Vi o pôr do sol...

Vi o pôr do sol da cor da saudade, olhava-me sereno e calmo, tolhido no horizonte despido pelo mar, triste por um abraço que não chega, vi-lhe numa lágrima o etéreo sal por derramar...

José Guerra (2011)

Sem comentários:

Enviar um comentário