terça-feira, 26 de julho de 2011

Sou apenas uma quimera...

Sou apenas uma quimera que não se quisera, que na sombra se finara, porque sem amor ficara...oh! triste destino que te sofres de amar...apenas os poemas te tenho para chorar....

José Guerra (2011)

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Dispo-te do preto cetim....

Dispo-te do preto cetim que te beija o corpo
Toco-te a medo aspergindo rosa perfume
Sentes o desejo que te invade o corpo
Entro em ti como labaredas de lume

José Guerra (2011)

quinta-feira, 14 de julho de 2011

"Pensamentos" e "Pura Inspiração"














"Pensamentos" e "Pura Inspiração", dois livros que vos levam para além das letras e que nos fazem sonhar nas palavras....disponíveis na Livraria Barata (Av. Roma em Lx) e no site do Sitio do Livro (clicar). Agora também em formato e-book.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Os loucos navegam insanos....

Os loucos navegam insanos,
partindo-se sem saber,
sem volta que os carregue,
sem estrela que os protege,
mas partem assim mesmo,
sem nada dizer,
talvez por se saber,
que jamais voltam a ser...

José Guerra (2011)

domingo, 10 de julho de 2011

Murmuram-se as ondas...

Cala-se o silêncio, murmuram-se as ondas, beijam-se as nuvens que se navegam, morre-se o dia nas gentes que se quebram, choro a dor do amor que me levam…

José Guerra (2011)

quarta-feira, 6 de julho de 2011

O mar...

O mar não se acordou, por lá ficou na névoa que se perdeu…que se ouvia, mas não falava…

José Guerra (2011)