quinta-feira, 1 de setembro de 2011

As palavras...

"As palavras caem-me dos dedos sem que as lágrimas me digam se as podem calar"


José Guerra (2011)

2 comentários:

  1. As palavras também choram...pelos nossos dedos!
    Parabéns
    Mel Almeida

    ResponderEliminar
  2. ...se choram Mel!!

    Agradeço a sua sensibilidade e comentário!

    Saudações poéticas!

    José

    ResponderEliminar