quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Retalhos da vida de um poeta....

Retalhos da vida de um poeta
Que das folhas se esvaíram letras
Que de amores se perdeu
Nos poemas que te leu

José Guerra (2011)

2 comentários:

  1. Perder se por amor nos poemas que leu, num pranto de querer amar o que não viveu, mas sentiu.

    ResponderEliminar
  2. Sublime Maria...como se estivesse dentro do poema...

    Bj

    ResponderEliminar