quinta-feira, 6 de outubro de 2011

A letra do teu nome...

A letra do teu nome perdi-a no leito
mataste a prosa que te havia feito
magoaste o verbo, não tinhas o direito
partiste um dia assim sem jeito
usaste a carne de que sou feito
apenas deixaste dor no meu peito

José Guerra (2011)

Sem comentários:

Enviar um comentário