terça-feira, 1 de novembro de 2011

Sou poema por dizer...

Sou poema por dizer
Que não se quis ser
Sou sol por nascer
Que a noite viu morrer
Sou lágrima de te ver
Por te amar sem querer



José Guerra (2011)

2 comentários: