segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

O Teu Corpo no meu...

Quero esculpir o teu corpo no meu
Debruado de amor
Lágrimas e suor
Empedernido de dor
Rimas e ardor

José Guerra (2011)

3 comentários:

  1. Olá José Guerra,

    Seria uma escultura perfeita.

    Abraço poético.

    ResponderEliminar
  2. Olá José,

    Calculo, que o seu tempo seja pouco, mas faça-me uma visitinha no fim de semana. Combinado?
    Gosto das suas palavras.

    Beijo de luz.

    ResponderEliminar