terça-feira, 19 de agosto de 2014

Ausência


2 comentários:

  1. Belo e sempre com aquela alma inquientante; Nesse mármore branco, há e haverá sempre emoções escondidas, de um tempo passado, onde as palavras por vezes ainda ecoam dentro de cada um de nós, ainda há emoções que se desenham nesse mármore com linhas ou sem elas. Grande Poeta parabéns amigo

    ResponderEliminar